De uma pequena festa de rua, a Festa das Nações de Guaíra se tornou o maior evento filantrópico do Paraná, responsável por angariar recursos para as entidades sociais do município de Guaíra (PR).

HISTÓRIA

Em 1976, um ano após o início do funcionamento do Lar São Francisco de Assis, a creche de Guaíra, que era presidido e mantido pela Associação Assistencial de Guaíra, foi realizada uma reunião de voluntários com o objetivo de prover a instituição com recursos financeiros e sensibilizar a comunidade para os problemas sociais do município, então eis que surgiu à ideia de uma festa. A reunião foi promovida por Suemy Foletto, na ocasião diretora do Lar São Francisco, e contou com a participação de senhoras e professoras da comunidade.

Naquela abençoada reunião foi idealizada uma festa folclórica, com danças e comidas típicas para congregar as diversas etnias que formavam a população guairense. A primeira edição foi realizada na Avenida Coronel Otávio Tosta, defronte a antiga Igreja da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes. Em um tablado foram realizadas apresentações artísticas (folclóricas) e sete pequenas barracas cobertas com plástico serviram as refeições típicas de cada nação.
Por sugestão da professora Terezinha Peixer, o evento ganhou o nome de Festa das Nações. Tradicionais famílias guairenses foram os primeiros voluntários e coordenaram as barracas.

Apesar de todas as dificuldades ocasionadas pelo espaço físico a Festa foi um sucesso superando as mais otimistas perspectivas o lucro da festa foi surpreendente e como fazia muito frio parte da arrecadação foi destinada a compra de blusas e tênis para todas as crianças da Escola pública e o restante destinado ao Lar São Francisco para manutenção de seus programas.

Pela falta de espaço, em 1978 a Festa das Nações foi transferida para a Praça Duque de Caxias, aqui neste mesmo lugar que estamos hoje, onde foi realizada até 1991, quando inaugurado o Centro Náutico Recreativo-Marinas, onde é realizado até hoje a maior festa BENEFICIENTE.

Inscrições abertas para os artistas locais

Todos os anos, os artistas locais têm espaço garantido durante o evento. Guaíra é um celeiro de artistas e por isso a CCO coloca critérios para os artistas, na tentativa de realmente selecionar artistas da cidade, uma vez que o artista deve residir em Guaíra.

Podem participar, compositores, músicos e intérpretes locais de música de diferentes gêneros musicais, que desenvolvem seus trabalhos autorais ou cover, individualmente, duos, trios ou grupos. As inscrições, gratuitas, serão aceitas entre os dias 04/02/2019 à 22/02/2019. Todos os artistas recebem um cachê para se apresentarem na festa, porém o valor só será definido posteriormente, após a escolha dos talentos locais.
Se você tem interesse em ser uma das atrações da maior festa filantrópica do Estado preste atenção aos requisitos necessários para brilhar na 43ª Festa das Nações.

Clique aqui para retirar a ficha de inscrição